Fã com paralisia realiza sonho de conhecer Luan Santana em Manaus

19/03/2017

 

A promessa de levar a adolescente Ananda Gama, de 13 anos, em um show do cantor Luan Santana foi a maneira que uma equipe médica encontrou para fazer a fã, que tem paralisia, continuar a responder aos tratamentos. “Usamos a paixão dela pelo Luan para fazer com que ela se exercite e tem dado muito certo”, disse a fisioterapeuta Jandira Freitas.

 

Há três meses, Ananda teve uma complicação durante uma cirurgia no coração e, desde lá, ficou com os movimentos e a fala comprometidos. Ela passou por uma depressão e tem ajuda diária de uma equipe médica. Hoje, no dia a dia, Luan Santana faz uma “participação especial” no tratamento da menina.

 

A promessa de colocar Ananda de frente com o ídolo foi difícil de ser cumprida. O show era liberado para maiores de 16 anos, ainda que acompanhados do responsável. A equipe médica escreveu uma carta para os organizadores do festival em que Luan faria o show, contando a história da garota.

 

Ananda Gama realizou o sonho de conhcer Luan Santana (Foto: Suelen Gonçalves/ G1 AM)

Neste sábado (18), antes de se apresentar na Arena da Amazônia, o cantor recebeu Ananda em seu camarim. “Foi bem rápido, mas ela ficou muito feliz. Valeu a pena”, contou a cardiopediatra Suely Teles, uma das médicas da adolescente.

 

Ananda é a quinta de seis filhos. A família é de Barreirinha, município a 331 km de Manaus. Todos se mudaram para a capital para tratar a menina, que nasceu com coração univentricular e cardiopatia congênita. Ela faz o tratamento no Hospital Universitário Francisca Mendes, onde tem acompanhamento de fisioterapeuta, psicólogo e psiquiatra.

 

O show


Luan Santana cantou os maiores hits da carreira no Festival Villa Mix, neste sábado. Ele foi o segundo a se apresentar e mesclou sucesso acumulados ao longo da carreira com canções do novo CD “1977” – nome dado em referência ao ano que a Organização das Nações Unidades (ONU) proclamou o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher.

 

“Acordando o Prédio”, “Cê Topa?” e “Escreve Aí” foram algumas das canções cantadas em coro pelo cantor e os fãs. Ao público, Luan disse sentir um carinho especial por Manaus. “Eu morei um tempo da minha vida aqui e sempre fico com saudade quando vou embora, tenho um carinho especial por vocês. Estamos fazendo dez anos de carreira, quem sabe não gravamos um DVD aqui?”, comentou.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload