Luan Santana se emociona e diz que viveu pesadelo na pandemia e muito mais no 'Caldeirão do Huck'

 

 

O cantor Luan Santana participou do programa 'Caldeirão do Huck' neste sábado (15) direto de sua casa em São Paulo e passou por vários momentos durante a programação. Luan se emocionou, contou que viveu pesadelo no começo do COVID-19, gravou clipe e contou sobre este momento com a noiva Jade Magalhães.

 

Luan Santana falou em entrevista virtual com Luciano Huck que ele e Jade Magalhães ficou com a relação mais forte durante a quarentena por estarem vivendo e passando mais tempo juntos, o que favoreceu para eles se conhecerem melhor, Jade afirmou que a relação consolidou.

 

O cantor também contou que viveu um momento difícil no começo da pandemia e que parecia estar vivendo um pesadelo com a paralisação dos shows. E disse que o padre Fábio o ajudou muito, conversando com ele por vários dias e organizando pensamentos e idéias para levar a situação da melhor forma possível, ambos tem uma relação de amizade muito boa.

 

Logo em seguida Luan se emocionou com o encontro virtual entre ele e sua fã Ângela Naiara que gravou cantando sua música 'Choque Térmico' ao trabalhar em uma plantação de sisal e postou na sua rede social chegando ao cantor. Luan chorou junto dela e relembrou que na mesma idade ele gravou 'Meteoro' e disse que "Me veio muito na cabeça o quanto a minha música faz diferença na vida dos meus fãs. 

 

A história de Naiara com sua mãe e família mexeu muito com o cantor que prometeu encontrar ela pessoalmente quando tudo passar para se conhecerem e cantarem juntos em um show e que a presenteara e a elogiou pela voz. Luciano Huck também prometeu ajudar ela, os irmãos e seus pais dando o que eles precisarem pela situação que vivem e necessidades que passam

 

Luan Santana gravou um clipe com sua fã cantando 'Choque Térmico' para encerramento. Ângela Naiara é moradora de uma comunidade quilombo, na Bahia. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload